O mundo dos negócios está mudando, e quem não é protagonista nessa mudança acaba ficando para trás. Seja pela revolução tecnológica, a chegada da geração millenium ao mercado de trabalho ou mesmo a forma como os negócios estão sendo conduzidos, o fato é que a inovação se tornou uma palavra de ordem para qualquer empresa.

O que significa inovar? No mundo empresarial, significa fazer algo diferente do que já se faz, quando os resultados atuais já não estão favoráveis ou, ainda, quando há chance de serem ainda melhores. Um gestão empresarial inovadora, é, portanto, uma forma de conseguir dinamizar e otimizar processos e setores da empresa, a fim alcançar melhores resultados.

Claro que tentar implementar uma gestão empresarial inovadora é um desafio. Mas trouxemos, a seguir, 5 dicas para alcançar esse objetivo, confira!

1. Cultura de colaboração

Todo nosso modelo de negócios, principalmente depois da revolução industrial, ficou baseado em uma cultura de competição nas empresas, tanto externa como interna.

Ou seja, as empresas são levadas não apenas a competir umas com as outras, como também a promover uma competição interna entre seus colaboradores, sob promessas de recompensas e promoções de cargo.

No entanto, estudos recentes sobre gestão organizacional têm demonstrado que uma cultura de colaboração e auxílio geram melhores resultados. Isso porque unem-se forças para o crescimento conjunto da empresa, e não apenas o crescimento pessoal.

Primar por uma cultura de colaboração dentro da empresa é uma das grandes tendências atuais de gestão empresarial inovadora.

2. Política de feedback

Além de primar por uma cultura de colaboração, é importante também adotar uma política de feedback com seus colaboradores. Ou seja, apostar no que eles têm a dizer como retorno, seja do produto ou serviço desenvolvido, das equipes e formas de trabalho ou da estrutura organizacional da empresa.

A política de feedback garante maior engajamento e motivação dos colaboradores, além de permitir uma visão ainda mais ampla de todos os setores da empresa.

3. Liderança engajada

Uma das maiores e mais interessantes mudanças em termos de inovação empresarial diz respeito ao perfil do líder moderno. A figura estática, distante e superior do chefe tem sido, sistematicamente, substituída por um perfil de liderança dinâmica, envolvida e próxima da equipe e dos demais colaboradores. Uma gestão empresarial inovadora deve levar em consideração esse perfil de liderança engajada como algo a ser colocado em prática, especialmente entre empreendedores.

Um ponto relevante da liderança engajada é que se trata de um fenômeno recente, em especial pelo próprio perfil de colaboradores e talentos da geração millenium, também chamadas de gerações Y e – alguns já afirmam – Z.

4. Investimento tecnológico

Tecnologia e inovação caminham juntos. O avanço tecnológico abriu uma série de possibilidades em termos de comunicação, desenvolvimento sustentável, agilidade de processos e acesso remoto à informação, para citar alguns exemplos. Além disso, a internet se tornou uma forma de divulgação de grande força e repercussão, o que também deve ser levado em conta.

A tecnologia ajudou a tornar o trabalho mais dinâmico, ágil e com menores custos, constituindo um dos principais ativos intangíveis das empresas. Uma gestão empresarial inovadora precisa estar atenta aos desenvolvimentos de novas tecnologias que possam facilitar o negócio.

5. Responsabilidade social

A responsabilidade social e ambiental das empresas está cada vez mais em evidência. Selos de qualidade, certificação de amigável com o meio ambiente, trabalhos sociais, e toda uma gama de outras formas de responsabilidade social são cada vez mais imprescindíveis, pois o consumidor tem se atentado a isso.

A responsabilidade social não precisa ser uma despesa da empresa, pois, muitas vezes, é um investimento: a chamada economia verde. Seja na dedução de impostos ou mesmo por encontrar formas melhores de produzir e distribuir com qualidade.

Essas dicas são algumas das possibilidades de trabalhar a inovação. Mas não há receita pronta para inovar, é claro. Uma gestão empresarial inovadora é aquela disposta a acompanhar e ser vanguarda no mundo dos negócios, mesmo correndo alguns riscos calculados.

Em um espaço cada vez mais competitivo, os empreendedores precisam ser mais criativos. Contudo, há outras áreas de gestão que um empreendedor precisa ter em mente. Para saber mais, leia também nosso artigo Como fazer a gestão de pequenas empresas de maneira correta?

 

Deixe um comentário

comentários

About the Author

Receba nossa newsletter



x

Escolha o plano ideal para sua empresa
ou tire suas dúvidas.