O que faz um produto mais conhecido e famoso que outro? Apenas sua qualidade? Sua exclusividade? Preço?

Essas são características muito importantes, mas, na verdade, a forma como os consumidores veem e se identificam com um produto tem uma relação direta sobre o quão bem-sucedido ele pode ser — e é aí que entra a gestão de marca.

Para entender como fazer uma gestão de marca bem-sucedida, criamos 7 passos básicos para servir de guia. Confira!

1. Conheça bem a marca

Podemos entender marca como a forma que o público vê, identifica e se relaciona com o produto. Ela vai além da logo da empresa, do site ou mesmo do nome. Essas são partes daquilo que constrói a marca e a torna reconhecível. A marca é, portanto, a identidade do negócio.

Para poder fazer uma gestão de marca bem-sucedida, ela precisa ser muito bem planejada e executada. Criar uma identidade significa entender o que a marca deve transmitir ao público e saber a ideia, o propósito e o conceito que se deseja construir.

2. Determine o público-alvo

Não é possível agradar a todos e negócios bem-sucedidos sabem disso. Por isso, selecionam seu público-alvo, para quem suas estratégias de venda e gestão de marca estão voltadas. Saber o público-alvo é essencial para criar formas melhores de alcançá-lo e gravar a marca na memória.

3. Defina a estratégia

A partir de uma marca bem construída e público-alvo definido, é possível começar a traçar as estratégias de como deixar a marca conhecida. Aqui entra o marketing, tanto o digital quanto o tradicional, em campanhas publicitárias, participações em eventos e filmes, relacionamento com cliente em redes sociais, etc.

4. Crie identificação

Para uma marca se tornar forte é preciso que se crie identificação com o público. Fazê-lo se reconhecer na marca e identificar nela algo essencial da própria personalidade, necessário como se nada mais pudesse substituí-la ou ser útil em diversas situações da vida que não poderiam ser resolvidas sem ela. A marca não vende apenas um produto, vende uma experiência.

5. Controle as impressões

Controlar as impressões é a forma de medir a reação do público-alvo e ajustar a marca conforme for necessário. Inclusive, as impressões podem ser medidas por um colaborador direto da empresa, por fornecedores e por outras marcas.

Utilizando uma série de técnicas de marketing, indicadores on-line de receptividade e rejeição, análises dentro da psicologia social, entre outras, é possível verificar o impacto da marca no mercado.

6. Mantenha o DNA

Embora toda marca deva fazer diversas campanhas publicitárias e outras formas de ações de marketing, ela não pode perder sua identidade ou seu DNA, que é o cerne que a identifica ou o conceito sobre o qual todas as diferentes campanhas serão estruturadas. Isso garante maior aderência ao público-alvo ao longo do tempo.

7. Proteja a propriedade intelectual

É muito importante, ao se criar e desenvolver uma marca, protegê-la de plágio ou uso indevido por outras pessoas ou concorrentes. Para isso, existem algumas formas legais de proteger a propriedade intelectual que é a marca.

Com esses 7 passos, já é possível começar uma gestão de marca bem-sucedida! Gostou desse artigo? Então siga-nos no Facebook para se manter sempre atualizado!

 

Deixe um comentário

comentários

Receba nossa newsletter



x

Escolha o plano ideal para sua empresa
ou tire suas dúvidas.