Uma das maiores riquezas de uma empresa está em sua marca. Para que este ativo intangível seja capaz de render os benefícios tão desejados por empresários de todos os ramos de mercado, investimentos precisam ser feitos nele, tanto financeiros quanto produtivos. E quando uma organização tem como estratégia a criação de ações para agregar valor a sua marca, ela faz com que a sua identidade se torne mais atrativa, confiável e perene no mercado.

Para compreender melhor os pontos levantados até aqui, abordaremos no post de hoje informações relevantes para que você analise quanto vale a sua marca e quais investimentos ainda precisam ser feitos para que ela tenha uma reputação sólida e lucrativa. Leia e saiba mais!

Por que é importante investir em sua marca?

De acordo com Gilson Nunes, sócio e presidente da Brand Finance no Brasil, em entrevista concedida à Época Negócios, uma marca é capaz de influenciar os resultados financeiros de uma empresa e de transformar o desempenho dela. E isso pode acontecer tanto de forma positiva quanto negativa; tudo dependerá da gestão e dos constantes cuidados (e investimentos) feitos nela ao longo dos anos.

Pense na Coca-Cola, por exemplo. Por que será que essa marca, mesmo tendo sida considerada a terceira mais valiosa do mundo no ano de 2015, segundo informações da Revista Exame, não para de fazer investimentos e de se reinventar a cada ano que passa? Será que ela teria sobrevivo aos boatos de que dentro de um de seus produtos havia sido encontrado um rato? Com certeza, não! Foi toda a sua reputação, minuciosamente criada há anos, que a tornou crível aos olhos dos consumidores e que a faz ser lembrada e reverenciada em diferentes partes do mundo.

Diante desta reflexão, fica fácil perceber como é importante investir em uma marca para que ela tenha a credibilidade necessária para fazer com que tudo aquilo que esteja a ela associado, seja bem visto no mercado. É importante também para que em momentos de crise, os consumidores percebam que aquele foi um fato isolado que em nada – ou em pouco – prejudicará a imagem da organização.

E quanto vale sua marca? Você sabe?

O valor da marca Coca-Cola, atualmente, é de US$ 78,423 bilhões. Mas o que foi feito se chegar ao valor desse ativo intangível? Segundo o site Infomoney, existem várias metodologias distintas que podem ser usadas para que esse cálculo seja feito. Uma delas consiste na estimativa da taxa de royalties para uso de terceiros, sendo que a empresa proprietária da marca não precisaria desses montantes por não ser necessário licenciá-la. Outra forma possível está na estimativa do excedente do lucro gerado por uma empresa considerada forte, comparado ao de outra marca fraca. Essa diferença seria considerada justamente pelo valor da marca.

Outra forma de saber o valor de uma marca está na contratação de consultorias que desenvolvem suas próprias metodologias, que podem contar com pesquisas top of mind (primeira marca lembrada quando mencionado um determinado produto), com a popularidade nos mecanismos de busca, com o número de seguidores em uma rede social etc.

Vale ressaltar que para se chegar ao valor de uma marca, não são levados em consideração os ativos tangíveis dela. Somente quando se faz a valuation, que é a avaliação da empresa como um todo, é que se unem ao seu valor final todo o montante do fluxo de caixa dela, ou seja, o valor da marca e de todo o seu patrimônio.

E você, já sabe quanto vale a sua marca? Acesse agora nosso site e tenha uma avaliação gratuita da registrabilidade dela e saiba qual o primeiro passo para registrá-la!

marca de sucesso

Deixe um comentário

comentários

About the Author

- 3 Comments
  1. […] com condições estabelecidas em contrato entre o franqueador e franqueado. As franquias envolvem licenciamento da marca, tecnologias, consultoria operacional e produto ou […]

Leave a Comment

9 + 8 =

Receba nossa newsletter



x

Escolha o plano ideal para sua empresa
ou tire suas dúvidas.








Olá!
Podemos te ajudar?
Powered by