modelo de negócioDesenvolver um modelo de plano de negócios eficiente geralmente implica em descrever com riqueza de detalhes como a sua empresa opera.

Necessariamente você precisará responder perguntas sobre o seu público, o seu negócio, os produtos e serviços que oferece, bem como suas estratégias de marketing e distribuição.

Além disso, o modelo deve listar os papéis e responsabilidades que cada colaborador terá na realização das atividades gerenciais e operacionais da empresa. Isso será fundamental para analisar as suas estruturas organizacionais frequentemente e modificá-las sempre que necessário para criar e desenvolver uma vantagem competitiva forte no mercado de atuação.

Nesse post, daremos a você as dicas mais importantes para o desenvolvimento de um modelo de plano de negócios eficiente que ajudará a sua empresa a decolar. Venha aprender!

1. Descreva os processos gerenciais e operacionais

Reúna a equipe de trabalhadores, de todos os setores do seu negócio, para descrever suas operações atuais e quais são os objetivos individuais e coletivos deles.

Desenhe uma imagem de como sua empresa opera em um quadro branco, folha de papel ou em algum programa de computador para formar um mapa de processos visualmente reconhecíveis e compreensivos.

Classifique cada tarefa especificando o profissional responsável, tempo de execução, recursos necessários e utilizados e circule-os.

Em seguida, ligue os círculos com linhas para identificar a relação entre eles. Assim, você saberá o que depende de quem e em que momento, como as tarefas estão correlacionadas, onde termina uma e começa a outra e, finalmente, poderá determinar um modelo de negócio mais específico.

2. Utilize um modelo de plano de negócios pronto para se inspirar

Você pode utilizar um modelo de plano de negócios pré-pronto e basear a construção do seu próprio formato nele. Por exemplo, o site da Microsoft fornece algumas opções interessantes que podem facilitar a sua vida nesse sentido. As questões financeiras e contábeis, vendas do seu produto ou serviço e fatores relacionados ao público podem ficar mais fáceis com esses modelos.

O seu modelo deve incluir detalhes sobre diferentes grupos de clientes e como seus produtos ou serviços oferecem valor para eles. Liste as despesas necessárias para executar o seu negócio, incluindo materiais, funcionários e custos de produção. Liste também os parceiros e fornecedores que trabalham juntamente com você para alcançar os objetivos estratégicos.

3. Neutralize os riscos e potencialize os pontos fortes do negócio

A formação do modelo de plano de negócios dará a visão necessária para você identificar os pontos fracos (riscos e ameaças internas e externas) e os pontos fortes do negócio (forças e oportunidades).

Diante dessas informações, descreva no seu modelo de negócios como poderá aproveitar melhor as oportunidades que surgirem e como poderá potencializar os pontos fortes, bem como os métodos que utilizará para neutralizar os riscos e as ameaças do negócio.

4. Expanda os canais de comunicação e distribuição

Procure adotar um modelo de plano de negócios que agregue flexibilidade a mudanças e acessibilidade aos clientes.

Se o seu público é mais geograficamente diversificado, selecione um canal de comunicação e distribuição que seja mais abrangente como a Internet para permitir que os clientes possam comprar seus produtos e serviços onde quer que estejam. Melhore o seu modelo de negócios, identificando outros meios de fornecer os seus produtos e serviços e adicione informações sobre os potenciais novos clientes, valor que a sua marca pode entregar, canais de distribuição e comunicação inexplorados.

Além disso, liste no seu modelo de plano de negócios como você irá gerenciar os recursos da empresa. No caso dos clientes, segmente a lista e identifique as oportunidades de crescimento no médio e longo prazo.

E aí, gostou das dicas? Veja também o que é churn e como medi-lo!

Deixe um comentário

comentários

About the Author

Receba nossa newsletter



x

Escolha o plano ideal para sua empresa
ou tire suas duvidas.